A Assembleia da República vai discutir esta quinta-feira uma petição popular para que o Imposto Municipal sobre Imóveis passe a ter uma taxa única de 0,2%.
 
O objetivo desta petição, promovida pela Plataforma Justiça Fiscal, é «aliviar os contribuintes da tremenda asfixia fiscal».
 
O movimento pretende que seja fixada uma taxa de IMI igual em todo o país. Atualmente são as autarquias que escolhem fixar o imposto entre 0,3% e 0,5%.
 
Segundo o Governo, este ano os proprietários vão pagar um total de 1,6 mil milhões de euros de IMI, um valor que não para de crescer desde 2003, ano em que os contribuintes pagaram cerca de 700 milhões de euros.
 
O Diário da Manhã da TVI recebeu António Lourenço, responsável pela Plataforma Justiça Fiscal, que deixa os argumentos que levaram o movimento a criar esta petição.