O Governo vai escrutinar de perto os compromissos assumidos pelos franceses da Altice para a compra da PT Portugal, garantiu esta quarta-feira o ministro da Economia, Pires de Lima.

«Declararam-nos a intenção de criar postos de trabalho, num número de alguns milhares. Nós vamos escrutinar de perto estas declarações, estes compromissos assumidos pelos franceses da Altice, embora não tenhamos tido nenhuma influência naquela assembleia-geral».


No passado dia 22, os acionistas da PT SGPS deram luz verde à venda da PT Portugal aos franceses da Altice, com 97,81% de votos favoráveis.

Mais de quatro horas depois do início da reunião magna, os acionistas aprovaram a venda da PT Portugal, detida pela brasileira Oi desde o aumento de capital em maio, aos franceses da Altice, depois de meses de peripécias em torno do negócio.

A venda da PT Portugal foi aprovada com 97,81% dos votos favoráveis do Novo Banco, Ongoing, Visabeira e Controlinveste, numa reunião que contou com 44% do capital presente ou representado, mas apenas 34% de capital votante, já que os brasileiros foram impedidos de votar por conflito de interesses.

A Altice propõe a compra da PT Portugal por 7,4 mil milhões de euros.