«Todos os portugueses que tenham projetos de investimento em Angola ou investimentos em curso em Angola serão alvo de uma atenção, um olhar clínico por parte desse observatório, que terá a sua primeira reunião no dia 22 de junho», em Luanda, adiantou António Pires de Lima, que está esta terça em Sevilha para promover as trocas comerciais e o investimento entre Portugal e Espanha.