A economia portuguesa cresceu 1,1%











«É muito importante que a economia portuguesa possa consolidar este momento de recuperação económica e possa crescer mais porque temos consciência que o desemprego continua a um nível muito alto, 13,4 por cento de desemprego são muitas pessoas que querem trabalhar e não tem oportunidade de trabalho», disse o ministro.






«está em risco de incumprimento»

«Os dados que vamos conhecendo em Portugal sobre a execução orçamental de 2014 estão na linha do que tínhamos previsto com um saldo claramente positivo relativamente àquilo que era a realidade em 2013. A própria economia tem ajudado muito aos objetivos de consolidação orçamental porque as receitas fiscais este ano estão a crescer bem acima do que se tinha previsto [...) pelo facto de o consumo e a atividade económica terem vindo a melhorar», disse.