A OPEP mantém o teto de produção de 30 milhões de barris por dia, segundo o acordo alcançado pelos ministros de Petróleo e Energia da organização reunidos hoje em Viena.

A informação foi confirmada pelo ministro do Petróleo venezuelano, Rafael Ramires, em declarações á imprensa antes do início da 165ª reunião ministerial da OPEP (Organização de Países Exportadores de Petróleo).

«Vai ser uma reunião calma», adiantou o representante venezuelano depois de confirmar a manutenção da atual quota de produção.