As perspetivas de crescimento económico em Portugal caíram em junho face a maio. No entanto, segundo a OCDE, o indicador ficou acima da média dos países da zona euro.

Em junho, o indicador relativo a Portugal caiu para 101.9, abaixo dos 102.1 registados em maio. Este é o nono mês consecutivo que o índice se mantém acima dos 100 pontos, recorda a Lusa.

Para a zona euro, a OCDE aponta para uma estabilização do crescimento económico, ao registar 101.0 em junho.

Para o conjunto dos 34 países que compõem a OCDE, as perspetivas são de estabilização económica, uma tendência seguida por países como Estados Unidos e Canadá.