As penhoras de pensões de reforma, tanto da Segurança Social como da Caixa Geral de Aposentações têm vindo a aumentar e este ano já vão em mais 17% do que em 2012.

Ao longo deste ano, e até meados de novembro, os números da Câmara de Solicitadores, citados pelo «Jornal de Negócios», revelam que foram já penhoradas pensões da Segurança Social e da CGA num valor total de 39,5 milhões de euros, com mais um milhão de euros do que o montante registado em todo o ano passado. Contas feitas, a média dá cerca de 125 mil euros por dia.

Escreve o mesmo jornal que, muitas vezes, são idosos que serviram de fiadores aos filhos e netos e que agora se deparam com o incumprimento destes. Noutros casos são eles próprios, os reformados que foram apanhados pelos cortes, subida de impostos ou mesmo excesso de consumo.