O vice-primeiro-ministro e presidente do CDS-PP, Paulo Portas, afirmou esta segunda-feira que Portugal pode estar a poucas semanas de saber oficialmente que saiu de uma recessão técnica.

«É possível que Portugal esteja a poucas semanas de saber oficialmente que saiu de uma recessão técnica, que consumiu qualquer coisa como que mil dias muito difíceis», afirmou Paulo Portas.

Entretanto Paulo Portas lembrou que «Portugal termina o programa em Julho de 2014, é um compromisso especialmente relevante para esta maioria». «Podemos estar a oito meses de uma vida melhor», realçou.

O governante garantiu ainda que o Governo fará tudo ao seu alcance para que «esta tenha sido a última vez que Portugal bate à porta dos credores».

Também no âmbito das jornadas parlamentares conjuntas do PSD e do CDS-PP, que decorrem até terça-feira, na Assembleia da República, em Lisboa, a ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, mostrou-se optimista quanto às estatísticas de crescimento e também relativamente à eventual queda dos números do desemprego.

O vice-primeiro-ministro e presidente do CDS-P acusou esta segunda-feira o PS de querer deliberadamente

>«confundir as pessoas»
ao equivaler um programa cautelar a um segundo resgate, considerando tratar-se de «desinformação pura».

«Impressiona-me que o maior partido da oposição queira confundir as pessoas em vez de argumentar a partir de uma base de esclarecimento e informação», declarou Paulo Portas.