«Saudar a posição do PS que ontem se absteve na votação na generalidade da reforma do IRS, anunciando que apresentará propostas em sede de especialidade. Esta posição é positiva porque abre o caminho para um debate construtivo e abrangente sobre o desenho final da reforma».


«O Governo manterá, assim, a porta do diálogo aberta e aguardará pela apresentação das propostas de alteração por parte dos partidos da oposição, reiterando desde já a sua disponibilidade para trabalhar construtivamente no sentido de aproximar os diversos pontos de vista».