A comissão de inquérito aos contratos swap subscritos por empresas públicas retoma hoje os trabalhos, após o período eleitoral, com a audição de Paulo Gray, que foi administrador do Citigroup Portugal e é atualmente diretor da consultora StormHarbour.

Hoje, às 10:00, Paulo Gray responderá às questões dos deputados da comissão de inquérito à Celebração de Contratos de Gestão de Risco Financeiro por Empresas do Setor Público na qualidade de antigo administrador do Citigroup Portugal (entre julho de 1988 e maio de 2011) e de diretor da StormHarbour Portugal, cargo que ocupa desde setembro de 2011, escreve a Lusa.

A StormHarbour Portugal foi a consultora escolhida em 2012 pelo IGCP - Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública para avaliar os swap problemáticos contratados pelas empresas públicas, tendo recebido por esses préstimos quase meio milhão de euros.

Entretanto, já este ano, foi conhecido que Paulo Gray e o ex-secretário de Estado do Tesouro, Joaquim Pais Jorge, terão tentado vender ao Governo socialista de José Sócrates swap para baixar artificialmente o défice, enquanto responsáveis do Citigroup Portugal.

Na sequência desta polémica, Joaquim Pais Jorge apresentou, a 07 de agosto, a demissão do cargo de secretário de Estado, que tinha assumido há cerca de um mês.

As audições na comissão de inquérito continuam na quinta-feira, dia em que será ouvido o presidente do Banco Santander Totta, António Vieira Monteiro.