A EDP Renováveis fez um acordo com uma subsidiária do Google no valor de 240 milhões de euros, cerca de 211 milhões de euros, segundo a informação enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

De acordo com a nota da EDPR, esse acordo foi feito “em troca de um interesse económico no parque eólico Waverly de 199 MW, localizado nos Estados Unidos da América, no estado do Kansas”.

A EDP diz que a produção gerada pelo projeto, que ainda está em construção, será vendida através de um Contrato de Aquisição de Energia (CAE) a 20 anos e que o encaixe da transação hoje anunciada irá “ocorrer em data próxima ao início das operações do projeto, previsto ocorrer até ao fim de 2015”.

A EDP Renováveis tem celebrado diversos acordos ‘tax equity’. Estes acordos permitem ao investidor usar os benefícios fiscais associados ao projeto.

Segundo o comunicado da EDP Renováveis à CMVM, isso aumenta a “rentabilidade e criação de valor do mesmo”.