Os eurodeputados aprovaram esta quinta-feira em Estrasburgo novas regras para facilitar o acesso a contas bancárias na União Europeia a todos os consumidores com residência legal, visando equilibrar o nível de encargos e dar informação mais clara.

A proposta de diretiva aprovada pelo Parlamento Europeu terá agora de ser negociada com os governos nacionais.

Segundo dados do Banco Mundial, atualmente cerca de 58 milhões de cidadãos na União Europeia não têm conta bancária e existem várias limitações relacionadas com os processos de residência e morada permanente.

As novas regras propõem que todos os prestadores de serviços de pagamento deverão disponibilizar uma conta com características básicas para permitir que os consumidores possam efetuar depósitos, levantamentos e transferências bancárias.