O secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações, Sérgio Monteiro, afirmou que a privatização da CP Carga e a subconcessão da Carris e do Metro vão ser assinadas na próxima semana.

Sérgio Monteiro referiu que os dois processos vão ficar assinados antes do final da legislatura, seguindo depois os "trâmites administrativos" normais para os casos.

"A privatização da CP Carga terá o acordo de compra e venda assinado na segunda-feira e subconcessão do Metro e Carris será assinada na quarta-feira. Ficam os processos assinados e depois seguem-se os trâmites administrativos, com a subconcessão a ser enviada para o Tribunal de Contas e privatização para a Autoridade da Concorrência", afirmou, à margem da assinatura do Consórcio 'ViaLisboa', que decorreu no Barreiro.


Totalidade da poupança nas PPP rodoviárias "está garantida"


Sérgio Monteiro disse também esta quarta-feira que a renegociação das parcerias público-privadas rodoviárias (PPP) está garantida na totalidade logo que o Tribunal de Contas der o visto aos contratos.

O Governo apenas garantiu uma poupança de 760 milhões de euros com a renegociação das parcerias público-privadas rodoviárias, 10% dos 7.350 milhões anunciados, estando o restante valor dependente de visto prévio do Tribunal de Contas aos contratos renegociados, tal como a Lusa divulgou no último sábado.