O Governo espanhol prevê pagar antecipadamente 2,5 mil milhões de euros do empréstimo europeu que recebeu em 2012 destinado à banca, indicou esta quarta-feira uma porta-voz do Ministério da Economia.

O pagamento deverá ter lugar em julho, de acordo com a porta-voz, citada pela AFP.

Esta semana, o ministro da Economia, Luis de Guindos, anunciou essa intenção do Governo, uma vez que existe, segundo disse, "uma janela de oportunidade" que Madrid quer aproveitar, isto segundo a agência EFE.

O resgate ao setor bancário espanhol envolveu, no total, a injeção de 41.300 milhões de euros e a nacionalização de várias entidades. Terminou oficialmente a 23 de janeiro de 2014, empréstimo que ainda está a ser pago.