A China pediu esta segunda-feira ao Governo norte-americano que garanta a segurança dos investimentos chineses. É a primeira reação oficial da China ao impasse orçamental nos EUA, que ameaça fazer entrar a maior economia do mundo em incumprimento.

«Os EUA detêm grandes investimentos diretos na China e a China controla um número significativo de obrigações do Tesouro norte-americano. Os EUA estão a par das preocupações da China em relação ao impasse orçamental e do pedido que a China fez para que os EUA garantam a segurança dos investimentos chineses», disse o vice-ministro chinês das Finanças, Zhu Guangyao, numa conferência de imprensa.

O governante lembrou que «os ponteiros do relógio não param» e que «China e EUA são inseparáveis enquanto as duas maiores economias mundiais».

O impasse orçamental norte-americano entrou já na segunda semana e os EUA têm apenas até 17 de outubro para aumentar o limite da dívida pública e evitar o incumprimento.