O Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, disse hoje, em Aveiro, que o Orçamento de Estado para 2016 será "de contenção", assinalando, contudo, que haverá espaço para as promessas eleitorais do PS e para o investimento nas empresas.

"Há espaço para o que são as medidas de rendimento e que eram promessas eleitorais do PS e que vamos cumprir. Haverá espaço para o investimento nas empresas", assegurou o ministro.


Manuel Caldeira Cabral falava aos jornalistas à margem da inauguração do Altice Labs, o centro da inovação do grupo Altice, situado nas instalações da PT Inovação, em Aveiro.

O ministro frisou ainda que os fundos do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (COMPETE) estão finalmente a chegar às empresas, mas não ainda ao ritmo pretendido pelo Governo.

"Queremos acelerar os processos de pagamentos e de avaliação para que as empresas que querem investir não fiquem à espera e criem empregos que estão a faltar a tantos portugueses", referiu.


Questionado sobre a possibilidade de uma eventual queda do investimento estrangeiro em Portugal, Caldeira Cabral afirmou que há "vários investimentos que estão na calha, alguns dos quais estavam à espera de incentivos e outros à espera de tomada de decisões”.

"Não há um desinteresse dos investidores financeiros em Portugal, como demonstra o que foi a colocação de dívida pública na última semana em que houve três vezes a procura face à oferta, em que o ‘spread' baixou face às ofertas anteriores", disse.


O governante elogiou ainda o investimento feito na Altice Labs, adiantando que, apesar dos receios na imprensa de que pudesse haver um desinvestimento nesta área da inovação, o que houve foi um reforço do investimento", que dá um "sinal de confiança nos nossos trabalhadores e investigadores".

O Altice Labs foi hoje apresentado como "o centro da inovação do grupo Altice". Ao todo, mil engenheiros em todo o mundo, dos quais 650 em Portugal, vão "pensar, criar e desenvolver novos produtos e serviços para todos os clientes do grupo".

O Governo conta entregar o OE2016 na primeira semana de fevereiro.