«tomou nota» da decisão do Presidente da República