A taxa de emprego em Portugal manteve-se nos 62% no primeiro trimestre, igual ao trimestre anterior, avançando 1,7 pontos percentuais em termos homólogos, anunciou a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

Esta quarta-feira, os dados revelados pela OCDE apontam que até ao final de março estavam empregadas em Portugal um total de 4,236 milhões de pessoas.

Em termos trimestrais, a taxa de emprego manteve-se quer no grupo de mulheres (59,2%), quer no dos homens (64,9%).

Nos jovens com idades entre os 15 e os 24 anos, o emprego recuou, no entanto, dos 23,0% observados no quarto trimestre para os 21,9% no primeiro trimestre deste ano.

Em relação ao conjunto dos países da OCDE, a taxa de emprego avançou, pelo quarto trimestre consecutivo, para os 65,6% nos primeiros três meses deste ano, mais 0,2 pontos percentuais do que no trimestre anterior, subindo em termos homólogos 0,6 pontos percentuais.

Na zona euro, a taxa de emprego subiu também de 63,6% quarto trimestre para 63,8% no primeiro trimestre, subindo em termos homólogos 0,3 pontos percentuais.