Portugal registou em junho a segunda maior descida dentro da União Europeia (UE) na produção do setor de construção, face ao mesmo mês de 2013, avança esta quarta-feira o Eurostat.

De acordo com os dados disponíveis para 14 dos países da UE, Portugal teve uma quebra de 10,3% em junho, face a junho do ano anterior, apenas superada pelos 13,1% registados na Roménia. Seguiram-se a Eslováquia (-5%) e a Holanda (-3,5%).

Pela positiva, destacaram-se no mesmo período as subidas em alguns países da Europa de Leste, nomeadamente a Eslovénia (28,7%), Hungria (9,8%) e Polónia (8%) e ainda em Espanha (6,8%).