O ministro da Economia, António Pires de Lima, disse esta terça-feira que a fusão entre a Refer e a Estradas de Portugal (EP) «está em processo de preparação» e que a administração da nova empresa conjunta será nomeada este mês.

«O projeto de fusão da Refer e da EP (Estradas de Portugal) está em processo de preparação», disse Pires de Lima, durante a sua audição na comissão parlamentar de Economia e Obras Públicas, onde foi hoje ouvido.

Pires de Lima afirmou que fusão «garante uma poupança no mínimo de 50 milhões de euros no próximo ano» e depois, em ano corrente, a partir do quarto ano, poupanças superiores a 100 milhões de euros.

«Espero que estejamos em condições de nomear a administração desta empresa conjunta ainda durante o mês de julho», afirmou.