Londres é a cidade com mais milionários, seguida de Nova Iorque e Tóquio, segundo um relatório da New Wealth World, que revela ainda que Genebra e Zurique têm o maior número de milionários em percentagem de habitantes.

De acordo com o estudo, divulgado esta terça-feira, existem quase 340 mil habitantes em Londres com um valor líquido superior a 1 milhão de dólares, excluindo o valor da sua residência.

Nova Iorque e Tóquio, com 300 mil e 226 mil, respetivamente, ocupam os restantes lugares no pódio, que tem ainda Singapura, Hong Kong, Los Angeles, Chicago, Frankfurt, Cidade do México e São Francisco nos dez primeiros lugares.

São Paulo é a única cidade de um país lusófono apresentado no estudo, aparecendo em 15.º lugar, com 84.200 milionários, representando quase um terço do total dos brasileiros com mais de 750 mil euros.

O estudo revela ainda que, comparando o número de milionários com o número de cidadãos do país, a maior densidade destes indivíduos com um valor líquido superior a 1 milhão de dólares, cerca de 750 mil euros, encontra-se em Genebra, Zurique e Singapura.

Entre os países que têm duas ou mais cidades entre os 30 maiores destinos de milionários estão os Estados Unidos (7), a Alemanha (3), a China, o Japão e a Suíça, estas últimas com duas cidades.

Não existem, afirma o estudo, cidades africanas ou do Médio Oriente entre as 30 cidades com mais milionários, sendo que Istambul e o Dubai são as metrópoles com maior concentração de milionários, com 35 e 26 mil, respetivamente.

Joanesburgo é a cidade africana com mais milionários: 23 mil.