Zeinal Bava abandona o cargo de presidente do conselho de administração da PT Portugal, informa a brasileira Oi, num comunicado enviado esta madrugada à Comissão de Mercado e Valores Mobiliários. A intenção já tinha sido anunciada pelo próprio na passada segunda-feira.

«O Sr. Zeinal Bava permanecerá à frente da administração da Oi, dedicando-se ao crescimento e sucesso da Companhia e trabalhando para a otimização das sinergias entre as atividades desenvolvidas pelas Companhias Oi no Brasil e em Portugal», pode ler-se no comunicado.

Para o lugar de Zeinal Bava irá Armando Almeida. O conselho de administração da brasileira aprovou ainda propor a nomeação de Marco Schroeder, Flavio Guimarães e Eduardo Michalski para cargos de administração na PT Portugal, «em virtude da qualidade do trabalho desenvolvido ao longo de anos de atuação na Companhia e suas controladas».

O comunicado sublinha que a saída e as nomeações tornam-se efetivas depois dos atos societários necessários de cada sociedade, o que deve ocorrer num espaço de 30 dias.