A dois dias do fecho do mês de julho, a TVI24 obteve já o seu melhor mês em termos de audiência, com uma quota de 1,9%, caso se considerem a totalidade dos canais distribuídos através dos sistemas de subscrição.

«Também no horário nobre dos canais de notícias, entre as 19 e as 24 horas, registou o seu melhor resultado com uma quota de audiência de igualmente de 1,9% em total de indivíduos», refere a empresa em comunicado.

Estes resultados «sublinham a consolidação progressiva do jornalismo da TVI e da agilidade e profundidade de análise da TVI24, na cobertura de um intenso mês de atividade política nacional e de grandes eventos internacionais. A TVI24 é, cada vez mais, uma referência editorial no panorama televisivo português», considera.

Considerando os três principais canais de notícias portugueses, a TVI24 obtém 26,3% de quota, subindo relativamente ao mês anterior, sendo que no horário nobre de consumo de notícias, este valor sobe para 26,5%, refere, citando dados da Marktest/Kantar Media.

A audiência total do canal ao longo do dia está em 1,4 milhões de indivíduos, dos quais 800 mil são cobertos pela TVI24 no período entre as 19 e as 25 horas.

Em termos homólogos e por comparação com o mesmo período do ano passado, verifica-se que o acréscimo de quota de audiência do canal foi superior a 26% (o share passou de 1,3% para 1,7%), e no horário nobre o acréscimo foi similar, 24%, «claramente indicando que terá sido o único canal de notícias a subir de forma significativa».

Em 2013 o perfil do canal indica forte afinidade dos públicos AB e C1, indivíduos do sexo feminino e residentes na Grande Lisboa, Grande Porto e Norte.