A Toyota anunciou a recolha de cerca de 520.000 veículos de três modelos, por diversas falhas técnicas, vendidos sobretudo na América do Norte, noticiam esta sexta-feira as agências internacionais.

O modelo mais afetado é o Sienna, já que 450.000 unidades fabricadas entre 2004 e 2011 foram chamadas à revisão. Deste modelo, 370.000 veículos foram vendidos nos Estados Unidos e outros 80.000 no Canadá.

No início de abril, o fabricante automóvel japonês Toyota anunciou que iria chamar à revisão 6,39 milhões de veículos em todo o mundo, devido a cinco problemas técnicos, os quais afetavam 26 modelos automóveis.