A TAP anunciou hoje que vai voar para 10 novos destinos no próximo ano, nomeadamente no Brasil, Rússia e Europa, e avançou que a transportadora terá seis novos aviões.

O anúncio foi feito por Fernando Pinto na mensagem de Natal que dirige aos passageiros, na qual detalhou que os novos destinos serão Nantes (França), Hannover (Alemanha), Gotenburgo (Suécia), Belgrado (Sérvia), Tallin (Estónia), São Petersburgo (Rússia), Manaus e Belém (Brasil), Bogotá (Colômbia) e Panamá (Panamá).

Além disso, adiantou que a TAP terá ainda ao seu serviço mais seis novos aviões, dois A330 e quatro da família A320, que permitirão um aumento da oferta correspondente a mais 900 frequências e 180.000 novos lugares.

Entretanto, de acordo com o 'site' especializado Presstur, a TAP cresceu 11,5% nos aeroportos espanhóis e ¿agarrou¿ quase 40% do tráfego Espanha-Portugal. Ou seja, o Presstur avança com base em dados dos aeroportos espanhóis, que quatro em cada dez passageiros que viajaram em voos comerciais entre os dois países vizinhos em novembro fizeram-no com a TAP, enquanto as restantes companhias, entre as quais a Ryanair, a easyJet, a Iberia, a Air Europa e a Vueling, tiveram uma queda conjunta em 8,7%.

Os dados da AENA, noticia ainda o mesmo site, indicam que em novembro os seus aeroportos tiveram 193,7 mil embarques e desembarques de voos de e para Portugal, em queda de 1,6% ou 3,2 mil relativamente ao mês homólogo de 2012.

Apesar desta evolução em baixa do mercado, que ainda assim foi menos acentuada que nos restantes meses deste ano, a TAP somou mais 7,9 mil passageiros (+11,5%), atingindo um total de 76,8 mil.

A TAP foi, assim, a transportadora de 39,7% dos passageiros que voaram entre os dois países ibéricos em novembro, 4,7 pontos mais que no mês homólogo de 2012, refere.