A TAP transportou 3,284 milhões de passageiros nos primeiros quatro meses deste ano, mais 240 mil do que em igual período de 2013, anunciou esta quinta-feira a companhia aérea.

Para este crescimento, diz a transportadora em comunicado hoje divulgado, contribuíram «todos os setores» da sua rede, em especial os Estados Unidos (mais 17%), as Regiões Autónomas (mais 14%), África (mais 10%) e a Europa (mais 8%).

A taxa de ocupação média dos voos da TAP passou de 74,8% nos primeiros quatro meses do ano passado, para 78,5% em igual período deste ano.

A companhia salienta que «esta melhoria ocorre ainda antes da abertura de onze novas rotas e do reforço de outras, a ocorrer entre junho e julho».

A TAP SA, que inclui o negócio da aviação, registou um lucro de 34 milhões de euros em 2013, uma subida de 42% em relação a 2012, completando cinco anos consecutivos de resultados positivos.

No entanto, o grupo TAP fechou 2013 com um prejuízo de cerca de 5,9 milhões de euros, uma melhoria em relação às perdas de 42,2 milhões de euros registadas um ano antes, segundo o relatório e contas da Parpública, divulgado na semana passada.