A TAP vai cancelar três voos para França na terça-feira devido à greve dos funcionários públicos franceses, mas vai aumentar a capacidade das restantes ligações e conseguir transportar todos os passageiros com reservas.

Fonte oficial da transportadora aérea portuguesa adiantou à Lusa que, «do total de dez voos [20 ligações de ida e volta], vão ser cancelados três» (seis ligações) de Lisboa e do Porto para o aeroporto de Orly e no sentido inverso, na sequência do pedido da Direção-Geral da Aviação Civil às companhias aéreas para suprimirem ligações de e para aeroportos do país.

Para minimizar os impactos da paralisação, a TAP vai aumentar a capacidade dos restantes voos e assim transportar todos os passageiros com reserva, que serão contactados sobre a alteração de horários.

De acordo com a mesma fonte, é previsível que a greve dos funcionários públicos franceses provoque alguns atrasos em voos para outros destinos europeus.

A Direção-Geral da Aviação Civil aconselhou hoje em comunicado as transportadoras aéreas que operam nos aeroportos de Charles de Gaulle, Orly e Beauvais, em Paris, reduzam em 30% os seus programas de voo na terça-feira.

A entidade aconselhou também à supressão de 20% das ligações previstas nos aeroportos de Lyon, Marselha, Nice e Toulouse e alertou para as fortes perturbações previstas para todo o território francês.

No comunicado, a Direção-Geral da Aviação Civil instou ainda os passageiros a pedirem informações junto das respetivas companhias para saber se os seus voos vão ser afetados.