O grupo tailandês MINT comprou seis hotéis do grupo Tivoli, dois no Brasil e quatro em Portugal, e vai dar continuidade à marca no mercado brasileiro, informou esta quarta-feira a Tivoli Hotels & Resorts em comunicado, nota a Lusa.

Os tailandeses, também em comunicado divulgado, informam que «o investimento de 168 milhões de euros permite à MINT expandir-se no setor de hotelaria no Brasil, o principal destino na América do Sul e uma potência económica regional, assim como fazer aquisições de ativos estratégicos de hotéis bem posicionados em Portugal».

A Minor International Public Company Limited - MINT, o novo acionista da Pojuca, tem já negócios na área da hotelaria e restauração, tendo adquirido à Rioforte Investment Holding Brasil a totalidade do capital da Pojuca.

A operação no Brasil inclui a compra do Tivoli Ecoresort Praia do Forte e da exploração do Tivoli São Paulo – Mofarrej, assim como a propriedade da marca Tivoli Hotels & Resorts no país.

«A MINT reconhece o valor da marca Tivoli, mantendo-a nestas duas unidades e dando continuidade à marca Tivoli no mercado brasileiro», lê-se no comunicado, que adianta que a plataforma de marketing e vendas com sede em Portugal vai continuar a prestar aos hotéis no Brasil o apoio na gestão da marca.

Em paralelo, a MINT adquiriu em Portugal, ao Fundo de Investimento gerido pela GNB Gestão de Activos (antiga ESAF - Espírito Santo Ativos Financeiros), os imóveis dos hotéis Tivoli Lisboa, Tivoli Marina Vilamoura, Tivoli Carvoeiro e Tivoli Marina Portimão, continuando estes imóveis arrendados à Tivoli Hotels & Resorts e a manter a exploração sob esta marca.

«A configuração e o modelo de exploração das 12 unidades da Tivoli Hotels & Resorts em Portugal mantêm-se inalterados», afirma o Tivoli no comunicado.

No início deste mês, a Tivoli Hotels & Resorts anunciou ter recorrido ao Processo Especial de Revitalização (PER) para a Hotéis Tivoli e Marinotéis, na sequência da insolvência do acionista RioForte Investments (Luxemburgo), mas ressalvou que as várias unidades hoteleiras mantinham o normal funcionamento.

A 16 de dezembro, na comissão de inquérito à gestão do BES e do GES, o presidente do Conselho de Administração da Rioforte, Manuel Fernando Espírito Santo, confirmou a existência de interessados na compra dos hotéis Tivoli, mas ressalvou que uma tomada de decisão já não caberia à empresa, por esta estar em insolvência.

A Tivoli Hotels & Resorts tem 14 unidades hoteleiras em Portugal e no Brasil, incluindo os Hotéis Tivoli SA e a Marinotéis SA.