O presidente do Conselho de Administração da RTP afirmou esta quarta-feira que a redução de financiamento público e de gastos da empresa entre 2011 e 2014 ascendem os 164 milhões de euros, «praticamente o orçamento da cultura» em Portugal. O plano de reestruturação da empresa pública de media «está a ser executado religiosamente com sucesso», garantiu.

Alberto da Ponte está a ser ouvido na comissão de Ética, Cidadania e Comunicação, no âmbito das alterações da lei da Televisão, da Rádio e dos estatutos da RTP.

O gestor disse que «raras vezes» se tem consciência da redução que a RTP tem efetuado nos últimos três anos.

«Entre 2011 e 2014, teremos tido uma redução de financiamento público da ordem de 94 milhões e uma redução de gastos e perdas de 70 milhões de euros», o que representa um total de 164 milhões de euros, afirmou.

«Isto é praticamente o orçamento da cultura em Portugal e estes representam cerca de 70% das receitas esperadas em 2014», acrescentou, citado pela Lusa.

Alberto da Ponte adiantou que também foi feita uma redução de 30% da estrutura diretiva da RTP e que a diminuição do número de trabalhadores no ano passado foi na ordem dos 220.