Centenas de emigrantes estão a ser notificados pela Autoridade Tributária (AT) para pagarem o imposto em falta relativo aos rendimentos que auferiram de imóveis arrendados em Portugal, noticia esta terça-feira o jornal «Correio da Manhã».

Segundo apurou o mesmo jornal, as cartas começaram a chegar na semana passada e resultam do cruzamento de informações realizadas pela AT com as respetivas declarações de IRS que foram entregues pelos contribuintes.

«O setor do arrendamento tem sido objeto de uma fiscalização crescente por parte da Autoridade Tributária, designadamente através de ações de controlo dos rendimentos obtidos com o arrendamento de imóveis e não declarados nas respetivas declarações de rendimento. Estas ações abrangem todos os tipos de proprietários, quer sejam residentes, quer sejam não-residentes, não havendo, por isso, qualquer tipo de diferenciação no tratamento», disse fonte oficial do Ministério das Finanças ao «Correio da Manhã».