O presidente da TAP avisa que a privatização da companhia «tem de ser muito bem feita». Esta quinta-feira, no programa Política Mesmo da TVI24, Fernando Pinto defendeu que é importante «manter» o negócio e o emprego em Portugal.



«A privatização tem de ser muito bem feita e muito bem explicada. E tem de dar certo. Por isso o cuidado do Governo», afirmou Fernando Pinto, garantindo os postos de trabalho: «Vamos manter a sede aqui, vamos manter os trabalhadores, isso tudo está previsto.»

Para o presidente da TAP, a origem do futuro dono da empresa é o menos importante. «De onde vem o capital não é a parte mais importante. Desde que os negócios estejam aqui, desde que o emprego esteja aqui e que o nome TAP Portugal continue uma empresa portuguesa», defendeu, adiantando apenas que «existem interessados, mas não candidatos».