Portugal está no 20º lugar de uma lista de 145 países dos melhores locais para se fazer negócios, elaborada pela revista norte-americana Forbes, que coloca a Irlanda, a Nova Zelândia e Hong Kong nos primeiros três lugares.

O ranking, apresentado pelo oitavo ano consecutivo pela prestigiada revista norte-americana, foi preparado com base em 11 indicadores públicos avançados por organismos como o Freedom House, a Fundação Heritage, a Transparência Internacional ou o Banco Mundial, e coloca seis países europeus nos dez primeiros, com destaque para a Irlanda, que nunca tinha chegado ao topo da lista.

Os indicadores utilizados são os direitos de propriedade, a inovação, os impostos, a tecnologia, a corrupção, a liberdade pessoal, de comércio e monetária, a burocracia, a proteção dos investidores e o desempenho da bolsa.

«Há três anos, os governos europeus e o Fundo Monetário Internacional enviaram para a Irlanda 85 mil milhões de euros para apoiar as necessidades orçamentais do país e salvar o sistema bancário", escreve a revista, notando que, apesar de os preços das casas ainda estarem 50% acima dos picos de 2007 ¿ quando surgiu a bolha imobiliária que contribuiu decisivamente para a falência das contas públicas -, "a Irlanda ainda mantém um ambiente extremamente pró-empresarial que atrai investimentos de algumas das maiores empresas do mundo na última década».

A Irlanda continua a atrair investidores apesar dos seus problemas, resumiu uma analista da agência de notação Moody's à Forbes, elencando como grandes vantagens o imposto sobre as empresas (IRC) nos 12,5%, a mão-de-obra altamente qualificada e a língua, que propicia o investimento de países anglófonos.

Os Estados Unidos, por exemplo, investiram na Irlanda quase 130 mil milhões de dólares entre 2008 e 2012, o que é mais do que o investimento conjunto dos 58 anos anteriores, e direcionaram mais dinheiro em investimento externo para a Irlanda do que para todos os países em desenvolvimento na Ásia, de acordo com números da Câmara de Comércio EUA-Irlanda.

CONFIRA O TOP 25

1. Irlanda

2. Nova Zelândia

3. Hong Kong

4. Dinamarca

5. Suécia

6. Finlândia

7. Singapura

8. Canadá

9. Noruega

10. Holanda

11. Austrália

12. Reino Unido

13. Bélgica

14. Estados Unidos

15. Islândia

16. Suíça

17. Eslovénia

18. Taiwan

19. França

20. Portugal

21. Luxemburgo

22. Chile

23. Estónia

24. Alemanha

25. Lituânia