Os acionistas da Jerónimo Martins aprovaram esta quarta-feira o nome de Pedro Soares dos Santos para presidente do conselho de administração, que acumula com o cargo de administrador-delegado, e a redução do órgão de 11 para nove membros.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a dona do Pingo Doce informa que a assembleia geral extraordinária aprovou hoje os dois pontos da ordem de trabalhos, «a designação de Pedro Manuel de Castro Soares dos Santos como presidente do conselho de administração da sociedade» e a redução do número de administradores que compõem aquele órgão de 11 para nove membros.

Pedro Soares dos Santos sucede ao pai, Alexandre Soares dos Santos, que pediu a renúncia do cargo a 24 de setembro último, por considerar «ter chegado ao fim a trajetória» que iniciou há 45 anos.

Alexandre Soares dos Santos, que vai passar a dedicar-se à presidência do conselho de administração da sociedade Francisco Manuel dos Santos e da Fundação Francisco Manuel dos Santos, abandona a liderança do grupo no mesmo ano em que a Jerónimo Martins entrou no mercado colombiano.

Durante o dia de hoje decorreu ainda uma reunião do conselho de administração do grupo, que «deliberou confirmar a qualidade de administrador-delegado» de Pedro Soares dos Santos, «na sequência da respetiva designação como presidente do referido conselho de administração».

A Jerónimo Martins refere ainda que, na terça-feira, João Vieira de Castro «informou que renuncia, por razões estritamente pessoais, ao cargo de presidente da mesa da assembleia geral».