Miguel Pais do Amaral e o norte-americano Frank Lorenzo já entregaram ao Governo uma proposta não vinculativa para a compra de 100% da TAP, confirmou a TVI.

A informação foi avançada esta sexta-feira pelo Diário Económico, que diz que para sustentar a oferta os empresários apresentaram garantias por parte da JP Morgan, de que serão encontrados investidores para financiar na totalidade a compra da transportadora aérea.

O processo de privatização ainda não foi reaberto mas o Governo tem, desde meados de agosto, a garantia de Pais do Amaral, associado em consórcio ao ex-presidente da Continental Airlines, e ao grupo português Barraqueiro, que vão avançar para a compra, tendo já assegurado o financiamento necessário para adquirir a empresa e assumir a dívida.

O endividamento da TAP ronda os 972 milhões de euros, dos quais 46% correspondem a locação financeira de aeronaves.