A NOS anunciou esta segunda-feira que acabou de acordar a compra da totalidade da capital da Mainroad, tecnológica líder na prestação de serviços de outsourcing, «reforçando desta forma a posição no mercado, nomeadamente no segmento empresarial».

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), citado pela Lusa, a operadora que resulta da fusão entre a Optimus e Zon adianta que esta operação «permitirá à NOS oferecer aos seus clientes uma oferta mais diversificada e profunda de serviços de Cloud Computing, Business Continuity e IT Managed Services, suportada em data centers próprios e de última geração».

A NOS não adianta o valor da operação.

«A aquisição da Mainroad integra-se no plano de investimentos apresentado pela NOS, que compreende o investimento de mil milhões de euros nos próximos cinco anos», adianta a operadora, que refere que, com esta operação, «reforça a sua capacidade de desenho e implementação de soluções de gestão de infraestruturas tecnológicas que asseguram a maior eficiência aos seus clientes».

Para Miguel Almeida, presidente executivo da NOS, citado no comunicado, a compra da Mainroad vai permitir à operadora «ocupar uma posição de liderança na prestação de serviços de elevado valor acrescentado, nomeadamente no segmento empresarial, onde a empresa tem vindo a fazer uma forte aposta».

As ações da NOS seguem nesta sessão de segunda-feira a subir 0,49% para 4,70 euros.