O grupo informático norte-americano Microsoft vai adquirir a unidade de telemóveis da Nokia por 5,44 mil milhões de euros, anunciou esta terça-feira a empresa finlandesa.

A empresa que foi número um mundial de telefones móveis vai concentrar a sua atividade em redes e serviços, uma decisão que considera ser o «melhor caminho a seguir tanto para a Nokia como para os seus acionistas», segundo o presidente da companhia finlandesa, Risto Siilasmaa, citado em comunicado.