O tribunal do Luxemburgo decidiu aceitar o pedido de gestão controlada da Espírito Santo Financière, holding detida a 100% pelo Espírito Santo Financial Group.

A informação foi comunicada pela ESFG à Comissão de Mercado e Valores Mobiliários.

A empresa tinha feito um pedido de gestão controlada ao tribunal do Luxemburgo no dia 31 de julho, admitindo que não conseguiria cumprir as suas obrigações.

Foi a quarta sociedade do grupo Espírito Santo a avançar com pedido de gestão controlada, depois dos pedidos Espírito Santo International, ESFG e Rioforte, entretanto aceites pela justiça luxemburguesa.

Espera-se que a juíza entregue o relatório sobre o ESFG a 6 de outubro.