A companhia aérea alemã Lufthansa informou hoje ter obtido lucros líquidos de 425 milhões de euros no primeiro trimestre do ano, contrariando os prejuízos registados nos primeiros três meses de 2014, avaliados em 252 milhões de euros.

"Todos os segmentos de negócio operacionais foram capazes de aumentar os seus resultados no primeiro trimestre. Acima de tudo, a SWISS e a Lufthansa Cargo tiveram um melhor desempenho do que no ano anterior", sublinhou a chefe do departamento financeiro, Simone Menne, em comunicado, citado pela Lusa.


A transportadora indicou que, entre janeiro e março, os prejuízos operacionais baixaram um terço (33,6%) para 144 milhões de euros, tendo as receitas aumentado, em termos anuais, 7,9% para 6.973 milhões de euros.

Os seis dias de greve dos pilotos durante os primeiros três meses do ano tiveram um custo avaliado em 42 milhões de euros, segundo a Lufthansa, que prevê que a paralisação tenha impacto nos resultados do segundo trimestre na ordem dos 58 milhões de euros devido à diminuição das reservas de voos.