A construtora Teixeira Duarte obteve lucros de 63,9 milhões de euros em 2013, mais 166,5% do que os 26 milhões de euros registados no ano anterior, segundo a informação divulgada esta quinta-feira ao mercado.

Ainda em 2013, a Teixeira Duarte registou um volume de negócios de 1.581 milhões de euros, mais 14,3% face a 2012.

«A quebra de 16,5% registada em Portugal foi largamente compensada pelo incremento de 25% no mercado externo, o qual passou a representar 81,2% do total do volume de negócios do Grupo Teixeira Duarte», lê-se na nota ao mercado.

O EBITDA (resultado antes de juros, impostos, amortizações e depreciações) melhorou 1,9% para 213,1 milhões de euros, com o EBIT (resultados antes de juros e impostos ou lucro operacional) a cair, por seu lado, 20,4% para 114 milhões de euros.

Já os resultados financeiros, foram negativos em 101,2 milhões de euros, mais 26,5% do que em 2012. A empresa justifica o agravamento dos resultados financeiros com o facto de, apesar de não ter tido perdas por imparidades em 2013, ter tido que suportar uma subida nos juros suportados, efeitos negativos das diferenças de câmbio e diminuição dos juros obtidos.

As ações da Teixeira Duarte fecharam hoje inalteradas na bolsa de Lisboa nos 1,11 euros.