O resultado líquido da Jerónimo Martins recuou 15,5% entre janeiro e setembro, face a igual período de 2013, para 237 milhões de euros, anunciou esta quarta-feira a dona da cadeia de supermercados Pingo Doce.

 

 

«Considerando o desempenho operacional e os custos de arranque da Ara [Colômbia] e da Hebe [Polónia], o resultado líquido atribuível à Jerónimo Martins foi de 237 milhões de euros, 15,5% abaixo do registado no ano anterior», refere a empresa em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), nota a Lusa.

 

 

As vendas consolidadas subiram 7,3% para 9.333 milhões de euros (+6,9%, excluindo o efeito cambial positivo) e o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) diminuíram 4,5% para 547 milhões de euros.