A Estoril-Sol registou lucros de 0,9 milhões de euros no primeiro semestre deste ano, mais 0,2 milhões que no mesmo período do ano passado, anunciou a empresa em comunicado.

As receitas de jogo dos casinos do Estoril, Lisboa e Póvoa do Varzim caíram 3,5% para 88 milhões de euros no primeiro semestre. O Casino de Lisboa, responsável por mais de 44% das receitas do grupo com o jogo, viu estes proveitos descerem mais 5% para 38,883 milhões de euros. A queda foi maior no Casino da Póvoa: 10% para 17,8 milhões de euros. A contrariar, o Casino do Estoril faturou mais 3% nas mesas de jogo, num total de 31,1 milhões de euros.

Contas feitas,as receitas dos 11 casinos a operar em Portugal foram de 134,1 milhões de euros, representando uma quebra de 5,2% das receitas nesta rubrica face ao mesmo período do ano passado.

A Estoril Sol destaca ainda a redução dos custos operacionais, que permitiu ao grupo, «num período de contração de receitas, melhorar os seus resultados operacionais, passando os mesmos de 4,8 milhões de euros no primeiro semestre de 2012 para os cinco milhões de euros verificados em 2013».