O lucro da EDP Renováveis aumentou 10% nos nove primeiros meses deste ano, face ao mesmo período de 2012, atingindo os 102 milhões de euros.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a empresa adianta que o crescimento ajustado, ou seja, quando contabilizados as diferenças cambiais, ganhos de capital e eventos não recorrentes, foi de 5%, passando para os 98 milhões de euros.

De acordo com a informação da EDP Renováveis, as receitas da empresa ultrapassaram, nos nove primeiros meses, os mil milhões de euros, o que significa um aumento de 7% face ao período homólogo.

Em termos operacionais, o resultado foi positivo, tendo o lucro crescido 5%, para 360 milhões de euros, valor em linha com o EBITDA (resultados antes de impostos, juros, depreciações e amortizações), que também aumentou 5%, passando para os 708 milhões de euros.

A EDP Renováveis refere ainda que a produção de eletricidade aumentou 7% até setembro, tendo a Europa sido a principal fonte de crescimento ao representar quase metade (48%) da produção deste período.