O secretário de Estado do Tesouro, Joaquim Pais Jorge, confirmou ontem à noite, à SIC, que participou em pelo menos três reuniões para negociar contratos de risco de crédito, os swap, escreve a TSF.

Ao contrário do que já tinha garantido, o secretário de Estado esteve presente em reuniões que visaram negociar contratos swap de antecipação de receita fiscal.

Na resposta escrita enviada ontem à SIC, refere a TSF, Joaquim Pais Jorge repete que não foi o autor de nenhuma proposta, mas admite ter tido conhecimento da proposta anunciada pela SIC, que permitiria esconder parte do défice do Estado, na altura acima dos 6 por cento.

Diz o agora secretário de Estado que todas as propostas eram elaboradas na sede do Citigroup, em Londres.

Swap: secretário de Estado sabia ou não o que vendia?