A gigante tecnológica Apple está a ser investigada pelas autoridades italianas por, alegadamente, não ter declarado mais de mil milhões de euros ao fisco.

Segundo o «El País», os procuradores italianos acusaram o fabricante de ter escondido 206 milhões de euros em 2010 e 853 milhões em 2011.

Fontes judiciais ligadas ao caso já informaram que diversos investigadores já estiveram nos escritórios da empresa em Milão e que duas pessoas estão a ser investigadas.