O Espírito Santo Financial Group (ESFG), que controla o BES, revelou esta segunda-feira que vai avançar com uma emissão de 200 milhões de euros de obrigações convertíveis em títulos do banco liderado por Ricardo Salgado.

As obrigações que o ESFG vai lançar correspondem a 152.334.526 ações ordinárias do BES e têm uma maturidade de cinco anos, oferecendo um cupão anual de 3,125%, que será pago semestralmente, lê-se num comunicado enviado pela entidade à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O preço de troca inicial das obrigações foi fixado nos 1,3129 euros, o que representa um prémio de 32,5% face ao preço médio das ações do BES transacionadas na NYSE Euronext Lisboa entre o anúncio do lançamento da operação e a definição do seu preço.

O ESFG poderá escolher reembolsar os investidores nesta emissão obrigacionista inteiramente em ações do BES, em dinheiro ou numa combinação de ações e dinheiro.

A colocação destas obrigações é dirigida exclusivamente aos investidores institucionais e aos profissionais do mercado, e não está disponível nos Estados Unidos (EUA), no Canadá, na Austrália e no Japão, entre outros países.

A data de emissão está apontada para 2 de dezembro, sendo a operação liderada pelo banco japonês Nomura International, com o apoio do Espírito Santo Investimento e do suíço UBS.