A Google anunciou esta sexta-feira ter comprado a empresa tecnológica britânica spider.io, especializada na deteção e combate à pirataria na publicidade on line.

«A publicidade é um meio de financiamento que só se pode expandir se os anunciantes puderem comprar [espaço nos] media online com a certeza de que a sua publicidade é vista por pessoas verdadeiras», afirma um dos responsáveis dos serviços publicitários da Google, Neal Mohan, citado pela AFP.

Por regra, os anunciantes pagam pela publicidade colocada online em função do número de clics por ela gerada e que são interpretados como refletindo o interesse demonstrado pelos internautas.

Contudo, determinados piratas informáticos falsificam este processo, desencadeando clics automáticos em massa a partir de computadores infetados, num processo que a spider.io consegue detetar.

Segundo Neal Mohan, a Google prevê integrar esta tecnologia nos seus produtos publicitários fixos e em vídeo, dando assim aos seus anunciantes uma garantia suplementar quanto à fiabilidade das estatísticas de visualizações.

Segundo a AFP, os valores envolvidos nesta operação não foram divulgados.