O presidente executivo da Zon Optimus, Miguel Almeida, disse hoje que menos de 100 colaboradores rescindiram com a operadora, na sequência do processo de integração das duas empresas.

«Temos neste momento perto de 2.000 colaboradores e o total de saídas não chegou à centena. Foi um exercício de integração relativamente contido», disse Miguel Almeida, no Strategy Day 2014, em resposta aos jornalistas sobre o processo de rescisões.

O presidente executivo da empresa justificou que existiam áreas de redundância que tiveram de ser ajustadas, destacando sobretudo a da administração e a dos diretores de primeira linha.

Miguel Almeida reforçou ainda que «o processo foi objetivo» e não houve distinção nas saídas entre os colaboradores da Zon e os da Optimus.

Além disso, o gestor adiantou também que a operadora está «em fase de recrutamento na área comercial».