A Amazon vai começar a pagar impostos nos países europeus nos quais tem grandes operações. Esta decisão pode vir a pressionar os seus rivais nos EUA a seguir o mesmo caminho.

A decisão surge depois de a empresa ter sido investigada por obter supostas vantagens competitivas sobre os concorrentes.

"Analisamos regularmente nossa estrutura de negócios para garantir que somos capazes de melhor servir aos nossos clientes", disse a Amazon em um comunicado no domingo.


A empresa acrescentou que as alterações no registo da receita das suas operações na Europa tinham começado há mais de dois anos atrás.

Questionada pelo The New York Times, a empresa escusou-se a dizer, no entanto, se as mudanças foram por causa da crescente pressão dos órgãos fiscais europeus sobre empresas americanas de tecnologia para pagar mais impostos sobre suas operações no continente.