A Espírito Santo Viagens, que detém a Top Atlântico, é o próximo ativo do Grupo Espírito Santo a alienar.

A Rioforte, holding que detém a empresa, mandatou o BES Investimento e a sociedade de advogados PLMJ para avançar com a operação, revela o Diário Económico, que adianta que há várias entidades interessadas na compra, nomeadamente fundos internacionais.

Esta é a terceira operação de venda de ativos do GES, depois da entrada em gestão controlada. Na semana passada foi conhecida a intenção de alienar a Espírito Santo Saúde, que entretanto já foi alvo de uma Oferta Pública de Aquisição voluntária por parte do grupo mexicano Ángeles.

A venda dos hotéis Tivoli também já está em curso. Em junho existiam quatro propostas vinculativas: o consórcio da Pimco, Iberostar e Helvetia era o melhor posicionado, oferecendo 333 milhões de euros.