A EDP Renováveis registou lucros de 87 milhões de euros no primeiro semestre do ano, menos 42 milhões do que no período homólogo, uma queda resultante do decréscimo das vendas.

As receitas até junho foram de 693 milhões de euros, menos 5% do que o registado no mesmo período de 2013.

O EDITDA foi de 506 milhões de euros, menos 7% que no período homólogo, devido às vendas impactadas pela nova regulação, nomeadamente em Espanha.

A EDPR registou ainda 8,6 GW de capacidade instalada, com a maior fatia (43%) a pertencer à América do Norte. A produção também aumentou em todas as geografias, com a América do Norte a representar 52% da produção do período.

Já os custos operacionais por MW decresceram 8%.